Oposição e situação devem se unir após eleições, diz Temer

15/05/2018 19:18:41

Por: Álvaro Viana / Agência CMA

Hangzhou/China – Presidente Michel Temer durante coletiva de imprensa. ( Beto Barata/Presidência da República)

Brasília – Todos os espectros políticos deverão se unir em determinado momento pelo bem comum do Brasil, afirmou o presidente Michel Temer. “Após a eleição, haverá um momento político administrativo, quando todos deverão se unir pelo bem comum, tanto oposição quanto a situação”, disse ele.

O presidente falou durante um evento em comemoração aos dois anos do governo atual. Ele destacou que durante o período houve a aprovação de uma série de reformas, como a que limita o crescimento dos gastos públicos, a que altera o funcionamento do ensino médio, e a reforma trabalhista.

Ao referir-se à Previdência, Temer pontuou que é uma matéria que “saiu da pauta legislativa, mas não da pauta política do país,” e reiterou que próximos governantes deverão ter a preocupação com o tema.

O discurso do presidente teve como foco ressaltar o avanço de seu governo em vários aspectos. “Avançamos negociações no Mercosul, União Europeia, assim como abrimos negociações com Canadá, Singapura. Reabrimos o Brasil para o mundo e o mundo se reconectou com o Brasil.”

A recuperação da Petrobras também foi destacada por Michel Temer. “Nós salvamos a Petrobras. Ao assumir o governo, eu recebi a companhia em colapso. Hoje é com muita alegria que nós podemos anunciar que a Petrobras está recuperada”, disse.

Edição: Gustavo Nicoletta (g.nicoletta@cma.com)

 

Deixar um comentário