Odebrecht pede de recuperação judicial; dívida pode chegar a R$ 98 bi

Por Wilian Miron

São Paulo – A construtora Odebrecht entrou com pedido de recuperação judicial de R$ 51 bilhões na 1 Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP). O valor considera apenas os créditos concursais, excluí os créditos entre as próprias empresas do grupo e créditos extraconrcursais. Considerando todos os débitos, a dívida da empresa chega a de R$ 98 bilhões.

Em comunicado, a empresa disse que o pedido de recuperação judicial não inclui as subsdiárias Braskem S.A., Odebrecht Engenharia e Construção S.A., Ocyan S.A., OR S.A., Odebrecht Transport S.A., Enseada Industria Naval S.A., assim como alguns ativos operacionais na América Latina e suas subsidiárias.

Também estão fora da recuperação judicial da ODB a Atvos Agroindustrial S.A. (que já se encontra em recuperação judicial) e a Odebrecht Corretora de Seguros, Odebrecht Previdência e Fundação Odebrecht.

Em comunicado divulgado hoje a empresa afirma que tem 48 mil funcionários, e que chegou a ter 180 mil postos de trabalho. A empresa credita a redução na quantidade de empregos “ao impacto reputacional pelos erros cometidos e da dificuldade pela qual empresas que colaboram com a Justiça passam para voltar a receber novos créditos e a ter seus serviços contratados”.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com