Netanyahu diz que vai batizar comunidade em Golã com nome de Trump

Por Carolina Pulice

São Paulo – O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, anunciou que vai nomear o novo assentamento das Colinas de Golã com o nome do presidente norte-americano, Donald Trump.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. (Foto: Cia Pak/ONU)

“Após a passagem do feriado, eu pretendo levar ao governo uma resolução pedindo que a nova comunidade nas Colinas de Golã se chame Presidente Donald J. Trump”, afirmou Netanyahu, após visita ao local.

A decisão, segundo ele, ocorre porque “todos os israelenses ficaram profundamente comovidos quando Trump tomou a decisão histórica de reconhecer a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã”.

No fim de março, o presidente norte-americano tomou a decisão de reconhecer o território – que é ocupado por Israel desde a Guerra dos Seis Dias, em 1967 – como parte de Israel. A decisão foi considerada histórica, uma vez que ele era o primeiro presidente norte-americano a declarar tal decisão.

A Liga Árabe, a ONU e a comunidade europeia criticaram a decisão de Trump, afirmando que tal reconhecimento poderia aumentar o conflito com as comunidades árabes na região.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com