Não sou fã bitcoin e outras criptomoedas, diz Trump

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O presidente norte-americano, Donald Trump, criticou o bitcoin e a libra, a moeda virtual que o Facebook pretende lançar no ano que vem, alertando para os riscos de ativos financeiros não regulados.

“Eu não sou fã de bitcoins e outras criptomoedas, que não são dinheiro, e cujo valor é altamente volátil e baseado em ar rarefeito. Cripto ativos não regulados facilitar o comportamento ilegal, incluindo tráfico de drogas e outras atividades ilegais”, disse Trump, em publicação no Twitter.

“Da mesma forma, a ‘moeda virtual’ do Facebook libra terá pouca credibilidade ou confiabilidade. Se o Facebook e outras empresas querem se tornar um banco, eles devem buscar uma nova carta bancária e ficarem sujeitos a todos os regulamentos bancários, assim como outros bancos, tanto nacionais quanto internacionais”, afirmou o presidente.

“Nós temos apenas uma moeda real nos Estados Unidos, e é mais forte do que nunca, tando segura quanto confiável. É de longe a moeda mais dominante em qualquer parte do mundo, e será sempre assim. É chamado dólar dos Estados Unidos!”, completou Trump.

No dia 18 de junho, o Facebook anunciou que planeja lançar sua moeda digital própria, a libra, em 2020, bem como uma carteira digital para a moeda, que poderá ser usada para fazer pagamentos de serviços digitais como Uber, Spotify e outros.

Por volta das 09h00 (horário de Brasília), o bitcoin era negociado a US$ 11,704, de acordo com a CoinDesk, mais de três vezes o seu valor no início deste ano, mas bem abaixo do valor de US$ 20 mil, alcançado no final de 2017.

Ontem, o valor da moeda digital mais popular do mundo operou em queda, após as críticas do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell. Ele disse que criptomoedas, em especial a libra, trazem riscos para privacidade e estabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.