Ministro francês diz que Estados vão resolver questões de moedas virtuais

Por Carolina Pulice

Moeda digital da Facebook, Libra

São Paulo – O ministro das Fianças da França, Bruno le Maire, afirmou que os Estados têm a capacidade de estabelecer uma moeda soberana, e que por isso deve responder aos problemas apresentados pelas moedas virtuais, em meio à discussão sobre o lançamento da criptomoeda do Facebook, a Libra.

“Somente os Estados têm a capacidade e a legitimidade de estabelecer uma moeda soberana. As empresas privadas não têm essa legitimidade democrática. O G-7 trabalha para trazer as respostas aos problemas propostos pelos projetos das moedas virtuais”, disse em seu Twitter. Le Maire e outros ministros e representantes financeiros do G-7 (grupo composto por Estados Unidos, Japão, Alemanha, Reino Unido, França, Itália e Canadá) se reúnem hoje e amanhã, na França.

Os governos dos Estados Unidos e da Europa têm se mostrado preocupados com o lançamento da moeda virtual do Facebook. Na segunda-feira, o secretário do Tesouro norte-americano, Steven Mnuchin, disse que a moeda levanta preocupação sobre privacidade, que por isso o departamento e o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) estava a avaliando.

Ontem, o Senado norte-americano conversou com o fundador da moeda, David Marcus, que também prestou testemunho à câmara dos Deputados nesta tarde. Ele garantiu que a moeda não seria oferecida até que todas as preocupações regulatórias fossem resolvidas.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com