Ministro da Infraestrutura vê oportunidade para criar agenda pró-negócios

Wilian Miron

São Paulo – O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, demonstrou otimismo com a agenda de reformas do governo Bolsonaro e destacou a possibilidade de construir uma agenda favorável aos negócios, sobretudo na área de infraestrutura.

Segundo ele, governo e Congresso nunca estiveram tão alinhados, o que dá condições para a votação de projetos em comissões.

Gomes também destacou que vem conversando com deputados desde que assumiu a pasta e que percebe uma disposição dos parlamentares em participar da agenda econômica do governo, que, na visão dele, deve entregar um país melhor até o final do atual mandato presidencial.

“Não sei quanto tempo vai demorar para a gente ter essa percepção de primeiro mundo, mas sei que será muito diferente daqui a três anos e meio”, disse Tarcisio Gomes durante evento promovido pela Revista Exame, em São Paulo.

Durante o evento, o ministro comentou que pretende licitar mais aeroportos e que a ferrovia “Ferrogão” poderá sair por autorização, não por concessão. “Algumas ferrovias têm características para serem concedidas”. Quando estiver pronta, Ferrogão interligará Sinop, no Mato Grosso, ao Porto de Miritituba, em Itaituba, no Pará. O ministro disse, ainda, que vê motivos de sobra para ficar otimista com o governo, e destacou a possibilidade de realização do leilão de petróleo da cessão onerosa, que pode render ao governo US$ 9,058 bilhões. “As coisas estão andando e a gente está se lamentando. Temos que exorcizar o pessimismo”, comentou à plateia de empresários e autoridades públicas.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com