Ministério russo diz que sanções dos Estados Unidos são contraproducentes

Por Carolina Pulice

Secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, e presidente da Rússia, Vladimir Putin. Foto: Presidência da Rússia

São Paulo – As novas sanções dos Estados Unidos impostas contra a unidade especial russa Terek, dias depois da visita do secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, são contraproducentes, afirmou o ministério de Relações Exteriores da Rússia, através de um comunicado. As informações são da agência “Sputnik”.

Na quinta-feira, os Estados Unidos impuseram sanções contra o grupo de segurança que opera na Chechênia, assim como seu comandante, Abuzaid Vismurádov e outros quatro indivíduos, por violação de direitos humanos, assassinatos extrajudiciais e torturas.

“Esta uma ação profundamente deficiente e contraproducente, que não permite tirar as relações bilaterais entre os países de um beco sem saída”, diz o texto.

O ministério de Relações Exteriores russo chamou a atenção do “momento escolhido para impor as sanções”.

“Só se passaram dois dias desde a visita do secretário de Estado norte-americano, e Washington deu um novo passo hostil, como se tivesse pressa para reduzir a zero o ambiente positivo das negociações celebradas”, afirma o comunicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com