Maioria republicana no Senado é fundamental, diz Trump

07/11/2018 16:51:40

Por: Carolina Gama / Agência CMA

Donald Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. (Foto: Divulgação/Casa Branca)

São Paulo – O presidente norte-americano, Donald Trump, tomou para si os créditos da vitória republicana no Senado e minimizou a perda da maioria na Câmara, afirmando que acredita que será possível aprovar medidas importantes para o país como a reforma da saúde com a nova configuração do Congresso.

“A manutenção da maioria no Senado é fundamental para minha administração e só não conseguimos manter a Câmara porque muitos dos nossos deputados se aposentaram, mas todos os candidatos apoiados por mim foram vitoriosos”, afirmou.

Falando na Casa Branca, Trump listou os republicanos que perderam a eleição de ontem para o Congresso e sugeriu que foram derrotados porque não o abraçaram durante suas campanhas. Questionado sobre mudanças no gabinete,
disse: “Estamos analisando muitas coisas, incluindo o gabinete. Estamos procurando pessoas diferentes para posições diferentes, e isso é comum após os períodos eleitorais”.

O presidente norte-americano aproveitou a ocasião para afirmar que não teme que, com a maioria democrata na Câmara, a investigação sobre conluio com a Rússia nas eleições de 2016 possam ganhar mais impulso. “Essa
investigação não me preocupa e só não termino com ela porque politicamente seria ruim para mim, mas não há nada para ser descoberto”, afirmou.

Na Câmara, o Partido Democrata ganhou 26 assentos e agora tem 219 deputados, enquanto os republicanos passaram a ter 193. No Senado, os democratas perderam dois assentos e os republicanos ganharam dois, o que deixou os partidos com 45 e com 51 assentos, respectivamente. “Agora é hora de esqueceras diferenças e pensar no bem dos Estados Unidos”, acrescentou Trump.

Deixar um comentário