Macri perde primárias para chapa de Cristina Kirchner

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O atual presidente da Argentina, Mauricio Macri, perdeu as eleições presidenciais primárias no país, realizadas ontem, para Alberto Fernández, que possui a ex-presidente Cristina Kirchner como candidata a vice em sua chapa.

Com 99,37% das urnas apuradas, Fernández, da coalizão Frente de Todos, havia recebido 47,66% dos votos, liderando a disputa, seguido por Macri, da aliança Juntos pela Mudança, com 32,08% dos votos, de acordo com a mídia local. O pré-candidato Roberto Lavagna, do Consenso Federal, ficou em terceiro lugar, com 8,23% dos votos.

“Nós não viemos para restaurar um regime, mas para criar nova Argentina que leve em conta as melhores experiências, que acabe com esse tempo de mentiras e que dê aos argentinos um melhor horizonte para o futuro”, disse Fernández, em discurso após conhecer os resultados.

Macri, por sua vez, reconheceu a derrota. “Tivemos uma eleição ruim e isso nos obriga, a partir de amanhã, a redobrar os esforços para que em outubro consigamos o apoio necessário para continuar com a mudança”, afirmou ele, em discurso do comitê de sua coalizão.

Como os partidos não apresentaram concorrentes internos, os candidatos já estavam definidos, e as eleições primárias funcionaram como um indicar das intenções de voto da população na eleição presidencial de fato, que será no dia 27 de outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com