Lucro do Banco do Brasil sobe 20% com alta de tarifas e baixa em despesas

10/05/2018 09:17:54

Por: Wilian Miron / Agência CMA

São Paulo  – O Banco do Brasil registrou lucro líquido ajustado de R$ 3,026 bilhões no primeiro trimestre, saldo 20,3% acima do lucro registrado no mesmo período de 2017 (R$ 2,515 bilhão) e praticamente em linha com o resultado estimado pelo mercado, de R$ R$ 3,001 bilhões, segundo levantamento feito pela Agência CMA.

De acordo com o Banco do Brasil, “o resultado foi impactado pelo aumento  das rendas de tarifas e pela redução das despesas de provisão e despesas
administrativas no período”.

A carteira de crédito ampliada, que inclui títulos e valores mobiliários privados e garantias prestadas, somou R$ 675,6 bilhões no trimestre, queda de
1,9% em relação ao mesmo período de 2017. As despesas com provisões de crédito para liquidação duvidosa (PCLD) somaram R$ 4,244 bilhões no
trimestre, queda de 26,3% na comparação com o primeiro trimestre de 2017.

O retorno sobre patrimônio líquido caiu 1,3 ponto percentual entre o dezembro de 2017 e março deste ano, de 14,5% para 13,2%, mas cresceu 0,8 pp em relação ao final do primeiro trimestre de 2017, quando ficou em 12,4%.

Os índices de inadimplência acima de 90 dias do Banco do Brasil caiu de 3,89 no primeiro trimestre de 2017 e de 3,74% ao final de 2017 para 3,65% ne
janeiro a março deste ano, no terceiro trimestre consecutivo de queda.

Edição: Eliane Leite (e.leite@cma.com.br)

Deixar um comentário