Lucro da Total cai 26% no 2T19, para US$ 2,756 bilhões

FreeImages.com/iancu justin

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – A Total reportou lucro líquido de US$ 2,756 bilhões no segundo trimestre deste ano, uma queda de 26% em relação ao mesmo período de 2018. Na mesma base de comparação, a receita subiu 6,6%, para 65,185 bilhões de euros.

O lucro operacional ajustado da companhia foi de US$ 3,589 bilhões, queda de 14,0%, refletindo os preços mais baixos de petróleo no mercado internacional. O preço médio do petróleo tipo Brent caiu 7,4% no segundo trimestre deste ano ante igual período de 2018, para US$ 68,9 por barril.

O setor de exploração e produção teve queda de 13% no lucro, para US$ 2,022 bilhões. No setor de refino e químicos, o lucro também caiu 13%, para US$ 715 milhões, enquanto no segmento de distribuição e serviços houve queda de 12%, para US$ 423 milhões. Por fim, a área de gás e energia renovável teve baixa de 24% no lucro, a US$ 429 milhões.

A produção alcançou o nível recorde de 2,957 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed) no segundo trimestre deste ano, o que representa uma alta de 9% ante igual período do ano anterior, refletindo o início de novos projetos.

A Total confirmou a meta de que o crescimento da produção de 2019 deve superar 9%, mas alertou que “o ambiente permanece volátil, com incertezas sobre o crescimento da demanda de hidrocarbonetos relacionada a perspectivas para o crescimento global”.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com