Lucro da Exxon Mobil cai 49,5% no primeiro trimestre, para US$ 2,350 bilhões

petróleo plataforma petrolífera
A plataforma Thunder Horse, operada pela BP em parceria com a Exxon Mobil, no Golfo do México, nos Estados Unidos. Foto: Divulgação/ BP

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – A Exxon Mobil reportou lucro líquido de US$ 2,350 bilhões no primeiro trimestre de 2019, o que representa uma queda de 49,5% em relação ao mesmo período do ano anterior. Na mesma base de comparação, a receita somou US$ 63,625 bilhões, uma baixa de 6,7%.

Os resultados refletem a desaceleração forte nos ganhos dos setores de upstream (produção e exploração) e químico, enquanto o segmento de downstream (refino e distribuição) reportou prejuízo. A produção de petróleo, por sua vez, cresceu.

O setor de upstream teve lucro de US$ 2,876 bilhões no primeiro trimestre deste ano, uma queda 17,8% em base anual, devido aos volumes menores e preços baixos, com os cortes na produção de petróleo do Canadá e os preços de gás natural afetados negativamente pelo clima mais quente.

Apenas nos Estados Unidos, houve baixa de 77,6% no lucro no primeiro trimestre, para US$ 96 milhões, com aumento nos custos e baixas contábeis, mesmo com impactos favoráveis de ganhos fiscais. Já produção total da Exxon Mobil teve alta de 2,3%, para 3,889 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed).

O setor de downstream reverteu o lucro de US$ 940 milhões de outubro a dezembro de 2018 e teve prejuízo de US$ 256 milhões em igual período deste ano, devido a interrupções planejadas para manutenção e margens fracas de combustíveis, com maiores estoques de gasolina. O lucro do setor químico caiu quase pela metade, para US$ 518 milhões, de US$ 1,011 bilhão reportado no primeiro trimestre de 2018.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com