Libra esterlina cai ante dólar com maior risco de Brexit sem acordo

FreeImages.com/Matt Lenon

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – A libra esterlina opera em queda ante o dólar, para seu menor nível desde abril de 2017, em meio ao aumento das chances de um Brexit sem acordo com a União Europeia (UE), e após dados mistos sobre a economia britânica.

Ontem, em um debate televisionado, os dois candidatos ao cargo de premiê do Reino Unido, Boris Johnson e Jeremy Hunt, afirmaram que não vão aceitar o chamado “backstop” na fronteira como parte do acordo de saída da UE, aumentando as chances de um Brexit sem acordo. A UE já disse que a questão não é negociável.

O “backstop” é um mecanismo acordado entre a primeira-ministra britânica Theresa May e autoridades de Bruxelas, que manteria a Irlanda do Norte, integrante do Reino Unido, na união alfandegária e no mercado único europeu para evitar uma fronteira física com a Irlanda, caso haja um Brexit sem acordo.

Além disso, os dados sobre o mercado de trabalho britânico vieram mistos. A taxa de desemprego do Reino Unido nos três meses terminados em maio foi de 3,8%, mantendo seu menor nível desde 1974. Os ganhos salariais também cresceram. Por outro lado, o número de pessoas empregadas subiu apenas 28 mil, considerado fraco pelos analistas.

Por volta das 11h33, a libra esterlina operava em queda de 0,92% ante o dólar, cotada a US$ 1,2401.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com