Kim Jong Un se compromete a desnuclearizar península coreana

12/06/2018 08:44:08

Por: Gustavo Nicoletta / Agência CMA (g.nicoletta@cma.com.br)

Kim Jong Un (o segundo da dir. para esq.) examina equipamento nuclear (Divulgação/KCNA)

São Paulo – O líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, reiterou seu compromisso com o fim das armas nucleares na península coreana durante uma reunião com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ocorrida em Singapura.

Em comunicado conjunto divulgado após o encontro, ambos disseram ter feito uma “troca de opiniões sincera, profunda e abrangente” sobre as novas relações entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte e a paz na península coreana.

“O presidente Trump se comprometeu a oferecer garantias para a segurança da Coreia do Norte, e King Jong Un reiterou seu compromisso firme e inabalável com a desnuclearização completa da península da Coreia”, diz o documento.

O comunicado aponta quatro compromissos assumidos por ambos os lados durante as negociações. O primeiro deles diz que os Estados Unidos e a Coreia do Norte se comprometem a estabelecer uma nova relação que respeite o desejo das nações por paz e prosperidade.

Outro ponto diz que os dois países unirão esforços para construir um regime estável e durável de paz na Península da Coreia, enquanto o terceiro compromisso determina que a Coreia do Norte “se compromete a trabalhar pela completa desnuclearização” da península, seguindo o que foi estabelecido na Declaração de Panmunjom.

Esta declaração foi o comunicado divulgado após o encontro entre Kim e o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, em abril. O texto diz que as duas Coreias “confirmaram o objetivo comum de atingir, por meio da desnuclearização”, uma península coreana livre de armas atômicas.

O último compromisso trazido pelo comunicado conjunto de Trump e Kim afirma que os Estados Unidos e a Coreia do Norte se comprometem a recuperar os restos mortais de prisioneiros de guerra e pessoas desaparecidas em conflitos, repatriando imediatamente aqueles que já foram identificados.

Os dois líderes afirmaram que adotarão as medidas acertadas de forma rápida e integral e disseram que uma nova rodada de negociações deve acontecer, embora ainda não haja uma data definida.

“Os Estados Unidos e a Coreia do Norte se comprometem com mais negociações, lideradas pelo secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, e por uma autoridade de alto nível da Coreia do Norte, na data mais próxima possível, para implementar o que foi definido durante a reunião de cúpula”.

 

Deixar um comentário