Justiça suspende pagamento de dividendos pela Braskem de R$ 2,7 bi

São Paulo – A Braskem informou que o desembargador da 3a Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Alagoas atendeu recurso do Ministério Público e da Defensoria Pública, ambos também de Alagoas, e suspendeu a distribuição de dividendos no montante aproximado de R$ 2,7 bilhões, até a análise do mérito do referido recurso.

Anteriormente, o MP havia pedido o bloqueio de R$ 6,7 bilhões para eventuais indenizações à população afetada por afundamento de solo e rachaduras em bairros próximos à área de extração de salgema em Maceió.

No dia 3 de abril, a petroquímica disse que em relação ao fenômeno ocorrido na região, a empresa vem colaborando junto às autoridades na identificação das causas e que as análises técnicas dos órgãos competentes ainda estão em andamento.

Porém, a petroquímica ressalta que, até o momento, não se pode afirmar que as atividades da Braskem sejam a causa dos eventos observados no bairro.

Allan Ravagnani / Agência CMA

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com