Justiça bloqueia até R$ 100 mi da Braskem

Unidade da Braskem em Camaçari, na Bahia (Divulgação/Braskem)

São Paulo – A Braskem disse que o juiz da 2a Vara Cível da Comarca de Maceió, em Alagoas, deferiu em parte o pedido liminar formulado pela empresa na ação proposta pelo Ministério Público e pela Defensoria Pública, e determinou o bloqueio de até R$ 100 milhões em ativos financeiros, em razão do afundamento do solo e rachaduras em bairros próximos à área de extração de salgema.

Na medida, as autoridades pediam o bloqueio de R$ 6,7 bilhões. “A companhia reitera que seguirá colaborando com as autoridades na identificação das causas dos eventos e que as análises técnicas dos órgãos competentes ainda estão em andamento, não se podendo até o momento afirmar que as atividades da Braskem sejam a causa dos eventos observados no bairro”, diz o comunicado.

Leandro Tavares / Agência CMA ([email protected])

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com