João Dória lidera intenção de votos para governo de SP, mostra pesquisa CNT/MDA

08/08/2018 14:26:08

Por: Priscilla Oliveira / Agência CMA

O ex-prefeito de São Paulo, João Dória, durante coletiva de imprensa (Rovena Rosa/Agência Brasil)

Brasília – O candidato João Dória (PSDB),  ex-prefeito de São Paulo, ocupa o primeiro lugar na pesquisa de intenção de votos espontânea realizada pelo instituto MDA em parceria com a Confederação Nacional do Transporte (CNT) para o governo de São Paulo, com 4,2%.

Em seguida está Paulo Skaf (MDB), presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), com 2,2% das intenções, seguido por Márcio França (PSB), com 1,6%, e Luiz Marinho (PT) com 0,5% das intenções de voto.

Na pesquisa estimulada para governador, Dória permanece em primeiro lugar com 16,4% das intenções de voto, seguido também por Paulo Skaf (16,2%), Márcio França (5%) e Luiz Marinho (4,8%).

No caso de haver segundo turno, na pesquisa estimulada, Dória continua a liderar as intenções de votos, com 31,2%. Como concorrente está Márcio
França com 20,6% das intenções. Em um cenário em que o concorrente seria Luiz Marinho, Dória ainda assim sairia vitorioso com 33,6% dos votos. Marinho teria 17,6%.

No cenário que contempla Paulo Skaf e João Dória num segundo turno, o ex-prefeito perderia para Skaf, que teria 29,7% dos votos e Dória 26,8%. Num cenário de disputa entre Márcio França e Luiz Marinho, França estaria a frente com 25,2% e Marinho com 15,3%. Na disputa entre Paulo Skaf e Márcio França, Skaf teria 30,8% dos votos e França 17,9% e no cenário entre Paulo Skaf e Luiz Marinho, Skaf seria eleito com 35,6% dos votos e Marinho teria 13,2%.

No cenário para primeiro turno, os votos brancos e nulos somam 22,3% e os indecisos, 65,9%, na pesquisa espontânea, enquanto na estimulada são 29,5% brancos e nulos e 21,4% indecisos. A pesquisa realizou 2.002 entrevistas entre 2e 5 de agosto em 75 municípios de São Paulo. A margem de erro do levantamento é de 2,2 pontos percentuais, com 95% de nível de confiança.

Edição: Eliane Leite (e.leite@cma.com.br)

Deixar um comentário