Irã sofre pressões sem precendentes dos EUA, diz Rouhani

Foto: Blondinrikard Fröberg/Flickr

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O presidente do Irã, Hassan Rouhani, disse que atualmente o país está sofrendo pressões sem precedentes dos Estados Unidos, mas que mesmo assim a situação do país melhorou com relação ao ano passado.

“A nação iraniana deve saber que as pressões dos Estados Unidos contra o nosso país atingiram o seu ponto mais alto, e transbordarão a partir de agora”, disse ele, durante uma reunião de gabinete. “Tais pressões dos Estados Unidos são sem precedentes na história”, afirmou Rouhani.

“Apesar de todas essas pressões, estamos em condições muito boas; claro, isso não significa que não temos problemas”, disse o presidente. “Hoje, a nação iraniana está mais relaxada do que nos últimos seis meses a um ano, e está mais esperançosa em relação ao futuro de seu país, e nossas autoridades estão mais unidas”.

As tensões têm aumentado entre Washington e Teerã. No final de maio, os Estados Unidos aumentaram sua presença militar no Golfo Pérsico, com o envio de um porta-aviões, uma força tarefa de bombardeiro e outros navios e soldados, citando o aumento das ameaças iranianas, mas sem apresentar provas.