Irã excede limite de urânio enriquecido permitido em acordo nuclear, diz ministro

Por Carolina Pulice

Foto: Blondinrikard Fröberg

São Paulo – O ministro de Relações Exteriores do Irã, Javad Zarif, confirmou os relatos da imprensa de que o país excedeu em 300 quilogramas o limite de estoque de urânio enriquecido estabelecido pelo acordo nuclear de 2015. As informações são da agência “Sputnik”.

“De acordo com os planos anunciados anteriormente, o Irã excedeu em 300 quilogramas o limite nos estoques de urânio enriquecido”, disse Zarif, citado pela agência “IRIB”.

O aumento da produção já tinha sido avisado pelo governo iraniano, após o anúncio da saída de partes do acordo de 2015, em maio. A decisão foi tomada, segundo o governo do Irã, por conta das ações dos Estados Unidos, de se retirarem do acordo e de iniciarem a imposição de sanções econômicas e diplomáticas sobre o país.

Além dos Estados Unidos, o Irã tenta pressionar os países europeus signatários do acordo – França, Reino Unido e Alemanha -, além da Rússia e da China, para tomarem ações para manter o acordo nuclear, como ao aliviar os impactos das sanções impostas pelo governo norte-americano.

O anúncio de hoje se soma aos episódios do mês passado na escalada das tensões entre os Estados Unidos e o Irã. No fim de junho, tropas iranianas abateram um drone norte-americano que sobrevoava o Estreito de Ormuz. O Irã também é acusado de ter atacado navios petroleiros da Arábia Saudita.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com