Houve mudança relevante no cenário externo e o BC tem atuado

07/06/2018 20:14:52

Por: Priscilla Oliveira / Agência CMA

Brasília – O cenário externo apresentou mudanças relevantes nas últimas semanas, devido, principalmente, a normalização das condições monetárias nos Estados Unidos, e o Banco Central (BC) tem autuado para prover a liquidez do mercado, afirmou o presidente do banco, Ilan Goldfajn, em entrevista a jornalistas.

“Houve mudança relevante do cenário externo. A mudança ocorreu em relação ao apetite a várias economias emergentes. Já vínhamos falando que o cenário internacional era benigno, mas que em algum momento podia mudar. De fato observamos nas últimas semanas uma mudança. Ela vem da pressão internacional que vem da normalização das condições americanas, isso reverte fluxo de capital em direção as economias avançadas em especial aos Estados Unidos”.

Segundo ele, o BC tem atuado em coordenação com o Tesouro Nacional, principalmente por meio de swaps, para prover a liquidez do mercado e que vai continuar oferecendo este “seguro dos swaps”, podendo inclusive fazer uma oferta maior do que já foi feita no passado.

“Hoje estamos usando esse seguro e podemos ir além do usado no passado. Vamos intensificar o uso desse seguro e vamos oferecer US$ 20 bilhões até a próxima semana”, afirmou o presidente do BC.

Goldfajn ressaltou ainda que o BC não tem “preconceito” de usar qualquer tipo de instrumentos para garantir a liquidez do mercado, sejam eles os swaps, reservas ou leilões de linha. “Até o momento nossa avaliação é que o que é necessário para liquidez são os swaps cambiais”.

O presidente do BC ressaltou que irá permanecer no cargo até o fim do mandato do presidente Michel Temer, após ser questionado dos rumores dos últimos dias de que poderia deixar o cargo na autoridade monetária. “Sobre boatos de minha saída, vou ficar aqui. Vou ficar até o final. Estou trabalhando com todo afinco”.

Edição: Leandro Tavares (leandro.tavares@cma.com.br)

Deixar um comentário