Gustavo Montezano toma posse como presidente do BNDES

Por Priscilla Oliveira

Brasília – O novo presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, tomou posse hoje no Palácio do Planalto. Montezano substitui Joaquim Levy, que pediu demissão após o presidente Jair Bolsonaro fazer críticas a sua gestão no banco.

Montezano, foi escolhido por Bolsonaro para “colocar os projetos em andamento com vistas a atingir os resultados estabelecidos anteriormente”, afirmou Bolsonaro por meio do porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, no dia 17 de junho, dia da indicação de Montezano.

Entre as metas, estão a devolução dos recursos do Banco para o Tesouro Nacional. Além de aumentar os investimentos em infraestrutura e saneamento e ajudar a reestruturar o Banco, apontando para onde foram investidos os recursos empregados em Cuba e na Venezuela, por exemplo.

Em seu discurso de posse, Montezano afirmou que seu objetivo como presidenteda instituição é “explicar a caixa preta para população brasileira; acelerar a venda de participações especulativas que o banco detém na bolsa de valores na ordem de R$ 100 bilhões; devolver recursos ao Tesouro Nacional na ordem de R$ 126 bilhões ainda este ano; além de apresentar um plano tri-anual com orçamento e metas claras para ser cumprido até o fim do mandato”.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, acrescentou que o novo BNDES também tem como objetivo acelerar as privatizações, acelerar os investimentos em infraestrutura através do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), investir em saneamento básico e ajudar na reestruturação das finanças de estados e municípios.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com