Fed errou ao elevar juros em dezembro, diz Trump

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O presidente norte-americano, Donald Trump, disse que o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), cometeu um “grande erro” ao aumentar a taxa básica de juros do país em dezembro e que isso deu aos chineses vantagens nas negociações comerciais.

“Eles desvalorizam sua moeda, eles têm feito isso por anos: isso os coloca em uma tremenda vantagem competitiva. E não temos essa vantagem porque temos um Fed que não reduz as taxas de juros”, disse Trump, em entrevista à “CNBC”.

“Devemos ter o direito de ter um campo de jogo justo, mas mesmo sem um campo de jogo justo – porque o nosso Fed é muito, muito disruptivo para nós mesmo sem um campo de jogo justo, estamos vencendo”, afirmou Trump. “Não se esqueça: o chefe do Fed na China é o presidente Xi. Ele pode fazer o que quiser”.

Trump faz críticas frequentes ao Fed e ao presidente da instituição, Jerome Powell, pressionando-o a cortar os juros para estimular a economia do país. Na reunião terminada em primeiro de maio, o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) manteve a taxa de juros no intervalo entre 2,25% e 2,5%. O Fomc realizou quatro altas de juros em 2018.

Na semana passada, Powell deixou a porta aberta para um corte de juros, ao afirmar que o banco vai agir de forma apropriada para sustentar a expansão econômica dos Estados Unidos, e que vai monitorar de perto as implicações das tensões comerciais.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com