Fabricante prevê demanda de 10.550 novas aeronaves em 20 anos

Por Allan Ravagnani

São Paulo – A Embraer prevê uma demanda de 10.550 novas aeronaves com até 150 assentos em todo o mundo para os próximos 20 anos, no valor de US$ 600 bilhões. O crescimento do mercado impulsionará 55% da demanda total e os 45% restantes serão entregues para substituir aeronaves antigas.

Embora as perspectivas específicas de cada região variem consideravelmente, a eficiência e a sustentabilidade continuam sendo os principais impulsionadores dessa projeção de mercado. O segmento de até 150 assentos formará uma parte cada vez mais essencial do ecossistema de transporte aéreo global.

O desempenho econômico do setor de companhias aéreas dependerá em grande parte de quanto os custos aumentarão, e até que ponto o setor poderá sustentar um nível adequado de receitas.  As aeronaves no segmento de até 150 assentos são a melhor ferramenta para combinar a eficiência de custos com rendimentos superiores por assento.

A região Ásia Pacífico será responsável por 28% da participação dessas novas aeronaves, a América do Norte vem em seguida com 26%, Europa 21%, América Latina com 11%, CIS com 6%, África com 4% e Oriente Médio 4%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com