Fabricante entregou 51 jatos no 2T19, sendo 26 comerciais e 25 executivos

Por Allan Ravagnani

São Paulo – A Embraer acaba de divulgar seu backlog do segundo trimestre de 2019 que apontou a entrega de um total de 51 jatos no período, dos quais 26 foram jatos comerciais e 25 foram jatos executivos (sendo 19 leves e 6 grandes).

A carteira de pedidos firmes a entregar em 30 de junho totalizava US$ 16,9 bilhões na comparação a US$ 16 bilhões no fim do primeiro trimestre deste ano. O aumento no backlog da Embraer no segundo trimestre é devido, em grande parte, à demanda contínua do mercado, principalmente pela nova família de jatos Praetor na Aviação Executiva.

COMERCIAL

A empresa recebeu o certificado de Tipo para o E195-E2 por parte de três órgãos regulatórios: a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a Federal Aviation Administration (FAA) e a Agência Europeia para a Segurança da Aviação (European Aviation Safety Agency – EASA). O E195-E2 é a maior das três aeronaves que compõem a nova geração de aviões comerciais da Empresa, os E-Jets E2.

No trimestre, a empresa assinou pedidos firmes de 10 E195-E2 com a Air Peace da Nigéria, além de direitos de compra de mais 20 jatos no valor total de US$ 2,12 bilhões. Durante a 53 edição do Paris Air Show International, a Embraer fez vários anúncios de vendas.

EXECUTIVA

No segmento de Aviação Executiva, a Embraer recebeu o Certificado de Tipo para o novo Praetor 600, da categoria supermédio, dos três principais órgãos regulatórios do mundo: a ANAC, a FAA e a EASA. O primeiro Praetor 600 foi entregue em junho para um cliente europeu não divulgado.

No segundo trimestre, foram vendidos 4 Phenom 100 e 15 Phenom 300 entre os jatos leves. Já entre os grandes, foram 1 Legacy 650, 3 Legacy 500 e um Preator 600.

DEFESA E SEGURANÇA

A Embraer Defesa & Segurança e a ELTA Systems Ltd (ELTA), subsidiária da Israel Aerospace Industries (IAI), assinaram no Paris Air Show um Acordo de Cooperação Estratégica para desenvolvimento do P600 AEW (Alerta Aéreo Antecipado).

Nessa cooperação, a Embraer fornecerá a plataforma aérea, sistemas de solo, sistemas de comunicações e integração de aeronaves, enquanto a IAI-ELTA fornecerá o radar AEW, SIGINT (inteligência de sinais) e outros sistemas eletrônicos.

SERVIÇOS E SUPORTE

A Embraer Serviços & Suporte assinou com a Azul Linhas Aéreas um contrato de longo prazo para um programa de suporte de peças reparáveis à nova frota de jatos E195-E2 da companhia aérea. A Companhia também anunciou acordos de manutenção e reposição de peças com a Helvetic Airways, da Suíça, e a Aurigny Air Services, da Ilha Guernsey. Durante o MRO Americas, no início de abril, a Embraer também fechou contratos de suporte com a Air Botswana, a espanhola Binter e a Mauritania Airlines.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com