EUA emitem alerta de viagem a Hong Kong e pedem cautela por protestos

Foto: FreeImages.com / Ben Wright

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – Os Estados Unidos emitiram um novo alerta de viagem para Hong Kong, pedindo mais cautela devido aos protestos na cidade, que nos últimos dias ocuparam o aeroporto internacional e contaram com confrontos violentos entre manifestantes e a polícia.

“Desde junho de 2019, várias manifestações políticas de grande escala e menores ocorreram em várias áreas de Hong Kong, inclusive no Aeroporto Internacional de Hong Kong. A maioria tem sido pacífica, mas alguns se tornaram confrontos ou resultaram em confrontos violentos”, de acordo com o Departamento de Estado norte-americano, em nota.

“A polícia usou uma variedade de medidas de controle de multidões, incluindo a implantação de gás lacrimogêneo. Os protestos e confrontos se espalharam por outros bairros além daqueles onde a polícia permitiu marchas ou comícios. Essas demonstrações, que podem ocorrer com pouca ou nenhuma notificação, provavelmente continuarão”, segundo o comunicado.

Na quinta-feira passada, o departamento já havia elevado o alerta de viagem para nível dois, em uma escala de quatro pontos. O alerta para a China continental também é nível dois, “devido à imposição arbitrária das leis locais”.

As manifestações começaram em 9 de julho em Hong Kong, contra uma controversa lei de extradição, que permitiria que acusados de crimes na cidade fossem julgados na China continental. O projeto foi suspenso, mas as manifestações continuam, apelando por um inquérito sobre como a polícia lida com os protestos, além da renúncia da chefe do Executivo, Carrie Lam.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com