ELEIÇÕES 2018: Lula pede a TSE para gravar vídeos em apoio a Haddad

14/09/2018 13:49:34

Por: Álvaro Viana / Agência CMA

Brasília – A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) uma petição para autorizar Lula a gravar vídeos e áudios como apoiador da campanha de seu sucessor na candidatura à presidência pelo PT, Fernando Haddad. O ex-presidente foi impedido pelo TSE, após ter seu registro negado com base na Lei da Ficha Limpa.

A defesa requer uma declaração do direito de Lula de “participar como apoiador nas propagandas eleitorais gratuitas no rádio e na televisão, por meio da gravação de áudios e vídeos, assim como do direito da Coligação “O Povo Feliz de Novo” de receber o apoio do Ex-Presidente Lula e de veicular tal mensagem por áudio e vídeo em sua propaganda eleitoral”, diz a peça.

No início da semana, Haddad foi oficializado pelo PT como o novo candidato da coligação à presidência. A decisão foi feita no último dia do prazo dado pelo TSE para a substituição do candidato.

Edição: Eduardo Puccioni (e.puccioni@cma.com.br)

Deixar um comentário