Di Maio nega crise no governo e diz que vai conversar com Salvini

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O vice-primeiro-ministro da Itália, Luigi di Maio, líder do Movimento 5 Estrelas (M5S), negou que haja uma crise no governo de coalizão do país e disse que vai conversar com o outro vice-premiê italiano, Matteo Salvini, líder da Liga.

O vice-primeiro-ministro da Itália e ministro do Interior do país, Matteo Salvini. Foto: Divulgação/ Governo da Itália

“Eu descarto que haja uma crise”, disse Di Maio, em entrevista à “RAI TV”, ao comentar sobre desentendimentos recentes com Salvini. “É certo que vamos nos encontrar, para que possamos esclarecer as coisas e seguir em frente, hoje, porque hoje é a reunião do Conselho de Ministros”, afirmou.

Ontem, Salvini disse ter perdido a confiança em Di Maio, e o acusou de flertar com a oposição de centro-esquerda, após o líder do M5S ter votado a favor da indicação da alemã Ursula von der Leyen como nova presidente da Comissão Europeia, braço executivo da UE, enquanto a Liga votou contra.

Além disso, a Liga está sendo investigada pelas autoridades italianas, acusada de ter recebido financiamento ilegal de campanha da Rússia. Salvini nega. Na entrevista, Di Maio disse que se desconfiasse de Salvini, ele não estaria no governo.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com