DBRS afirma rating dos EUA em AAA com perspectiva estável

Por Carolina Pulice

São Paulo – A agência de classificação de risco DBRS afirmou o rating dos Estados Unidos em ‘AAA’, com perspectiva estável, indicando que a economia interna, as instituições e o mercado financeiro continuam dando suporte para a nota de crédito do país.

Vista externa da Casa Branca (Divulgação Serviço Audiovisual da União Europeia)

De acordo com a agência, o crescimento da economia norte-americana se manteve forte apesar do potencial de desaceleração, com mercado de trabalho aquecido e políticas acomodatícias tomando efeito.

“Apesar de os riscos para o crescimento parecerem migrar para a queda, o Federal Reserve [Fed, o banco central norte-americano] tem espaço para gerenciar uma desaceleração inesperada, e o equilíbrio do setor privado está em boa condição”, diz a DBRS em relatório.

A avaliação ocorre dois dias antes da publicação da decisão de política monetária do Fed. Em sua reunião mais recente, em março, o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) manteve a taxa básica de juros do país inalterada no intervalo entre 2,25% e 2,50%, e indicou que não prevê novas altas de juros em 2019.

“O crescimento dos Estados Unidos está desacelerando devido às restrições da capacidade, mas os fundamentos macroeconômicos e financeiros continuam fortes”, afirma a agência, acrescentando que espera que a expansão em 2019 e 2020 seja moderada, uma vez que o encolhimento da capacidade teve início, os efeitos do corte de impostos diminuíram e as condições financeiras tornam-se menos favoráveis.

A agência apontou ainda a polarização política como um desafio para os Estados Unidos em meio ao início da corrida presidencial. “A mudança recente de comando da Câmara [dos Deputados] para o Partido Democrata divide o controle do governo e deve forçar o comprometimento de medidas políticas importantes no período que antecede as eleições presidenciais de 2020”, diz a DBRS.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com