CSN elevará preços do aço de 7,5% a 10% em junho

15/05/2018 14:25:30

Por: Danielle Fonseca / Agência CMA

Bobinas de aço. (Gregor Schläger/Worldsteel)

São Paulo – A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) elevará o preço do aço para a indústria e distribuição de 7,5% a 10% em junho. Segundo a diretoria da CSN, a recuperação do mercado doméstico e a valorização do dólar ante o real abriu espaço para novos aumentos e confirmou o que já planejava.

“Já tínhamos dito que aumentaríamos os preços dos planos e longos em junho e vamos manter. Estamos vendo uma recuperação do setor industrial e um pouco atrasada da distribuição e acreditamos que em algum momento e economia como um todo tende a se recuperar”, disse presidente da companhia, Benjamin Steinbruch, em teleconferência com analistas.

Para o vice-presidente comercial da CSN, Luiz Fernando Martinez, o dólar também mudou de patamar e a companhia está trabalhando com um dólar mínimo de R$ 3,50. Além disso, vê um cenário positivo de preços do aço na China, onde afirma que preços estão sendo elevados no momento.

“O outlook para 2018 é muito positivo, com o mercado crescendo, o dólar subindo e a CSN voltando forte para o mercado interno”, reiterou Martinez.

O executivo ainda disse que a companhia já resolveu problemas operacionais e de manutenção que teve no primeiro trimestre, como no carregamento de matérias-primas para um alto-forno, o que levou a um aumento de custos no período.

Edição: Eduardo Puccioni (e.puccioni@cma.com.br)

Deixar um comentário