Crescimento dos EUA está mais lento, diz Kaplan, do Fed

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O presidente da unidade do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de Dallas, Robert Kaplan, disse que o crescimento da economia do país está mais lento devido a incertezas relacionadas ao comércio e à desaceleração econômica global.

Prédio do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) em Washington. Foto: Divulgação/ Federal Reserve

“Nossa estimativa no Fed de Dallas para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) este ano agora é de 2%”, disse ele, em entrevista à “Fox Business”, citando tensões comerciais com a China e com o México, o que reduziu os investimentos das empresas.

“A grande mudança tem sido nas últimas oito semanas, e isso se deve ao aumento das tensões comerciais e, depois, a desaceleração das taxas de crescimento global. O mundo é muito dependente do comércio. Então estas duas coisas questões e as incertezas relacionadas a elas fizeram o crescimento mais fraco”.

Este ano, Kaplan não é membro votante do Comitê Federal de Mercado Aberto(Fomc, na sigla em inglês). Na reunião mais recente, este mês, o comitê manteve a taxa básica de juros do país inalterada no intervalo entre 2,25% e 2,5%, e indicou manutenção dos juros este ano.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com