Crescimento do setor industrial no Reino Unido acelera em março

FreeImages.com/Matt Lenon

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade industrial do Reino Unido subiu para 55,1 pontos em março, após registrar 52,1 pontos em fevereiro (dado revisado), de acordo com dados do instituto de pesquisas IHS Markit.

Leituras acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. A produção industrial cresceu em março, com as empresas intensificando a produção para acumular estoques antes do Brexit e também atender aos novos pedidos – que melhoraram tanto no mercado interno quanto no externo.

Isso teve um impacto positivo na contratação, com crescimento no emprego. Já a taxa de aumento nos estoques de compras atingiu um recorde de alta pelo terceiro mês consecutivo. A falta de matéria-prima, pressões inflacionárias, Brexit e maiores custos de energia levaram para cima os preços médios de compra em março, e também os de venda.

As preocupações do Brexit também continuaram a pesar no sentimento de negócios. Embora o grau geral de otimismo tenham subido, permaneceu baixo para os padrões históricos. O otimismo estava ligado a melhorias na demanda, aos lançamentos de novos produtos e a entrada em novos mercados.

“Parece que o impacto das preparações do Brexit e quaisquer oportunidades perdidas de investimentos durante este período sustentado de incerteza vão reverberar através do setor industrial por algum tempo ainda”, disse o diretor do IHS Markit, Rob Dobson.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com