Corbyn pede eleições gerais e critica opção de Brexit sem acordo

Por Carolina Pulice

Líder do partido Trabalhista britânico, Jeremy Corbyn. Foto: Commons Wikimedia

São Paulo, 27 de maio de 2019 – O líder da oposição do governo britânico, Jeremy Corbyn, disse que o país precisa de novas eleições para evitar que ocorra um Brexit – processo de separação da União Europeia sem acordo, como tem sido proposto por potenciais candidatos ao cargo de primeiro-ministro do Reino Unido.

“Estamos ouvindo com cuidado sobre o que cada um fala sobre o Brexit. Farage e o Partido do Brexit não oferecem nenhum acordo para o Brexit, o que vai criar caos para os empregos e serviços ao redor do país”, afirmou em suas redes sociais. “Precisamos garantir um acordo com a União Europeia e isso deve ser colocado em votação pública”.

“A prioridade para este governo é convocar eleições gerais. O país precisa se unir”, completou.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, anunciou sua renúncia ao cargo na sexta-feira, dizendo que deixaria o poder no dia 7 de junho. Desde então, parlamentares são colocados como potenciais candidatos à substituição de May.

Entre eles estão Boris Johnson, ex-prefeito de Londres, que tem se posicionado a favor de um Brexit sem acordo.

Outros ministros, como o de Meio Ambiente, Michael Gove e os de Relações Exteriores, Jeremy Hunt, também aparecem na maioria das listas de possíveis candidatos da mídia britânica. Além dela está Andrea Leadsom, ex-líder do partido Conservador na Câmara dos Comuns e que renunciou ao cargo na semana passada, por discordar de como May conduzia o processo do Brexit. O secretário do Interior, Sajid Javid, confirmou sua candidatura nesta manhã.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com