Confiança do setor de serviços cai pela terceira vez

(Foto: Mighty June/Flickr)

Por: Olívia Bulla

São Paulo – O índice de Confiança de do Setor de Serviços (ICS) caiu pela terceira vez seguida em abril, em 0,9 ponto em relação a março, a 92,1 pontos, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). Com o resultado, o indicador seguiu no menor nível desde outubro de 2018.

A queda da confiança decorreu apenas da piora na avaliação em relação ao cenário presente. Na passagem de março para abril, o Indice de Situação Atual (ISA) recuou 2,1 pontos, a 87,2 pontos, enquanto o Indice de Expectativas (IE) oscilou em alta de 0,2 ponto, a 97,1 pontos. Por sua vez, o Nível de Utilização da Capacidade (NUCI) do setor de serviços teve queda de 1,3 ponto percentual (pp) no período, a 81,7%.

Dentre os quesitos que compõem os subíndices, a queda do ISA foi impulsionada tanto pelo indicador de volume de demanda atual quanto pelo o que mede a situação atual dos negócios. Já no IE, o indicador que mede a demanda prevista para os próximos meses contribuiu para a relativa estabilidade.

Para o economista da FGV/IBRE Rodolpho Tabler, a nova queda da confiança no setor de serviços mostra que o setor ainda vem encontrando dificuldades no início deste segundo trimestre. Porém, ele observa que, ao contrário do que aconteceu nos últimos meses, a queda em abril foi influenciada por uma piora da percepção com o momento presente.

Nesse contexto, segundo Tabler, o resultado deste mês ainda não sugere uma reversão da tendência de recuperação do setor. “Mas o ritmo lento de atividade ainda deve persistir”, avalia.

A edição deste mês coletou informações de 1.907 empresas entre os dias 1 e 25. A próxima divulgação da sondagem de serviços será em 29 de maio.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com