Confiança da indústria cai em maio, diz FGV

Foto: FreeImages.com/Pawel Jagielski

Por: Olívia Bulla

São Paulo – O Indice de Confiança da Indústria (ICI) devolveu a alta registrada em abril e caiu 0,7 ponto em maio, a 97,2 pontos, voltando ao nível apurado em março. Segundo dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV), o resultado deste mês mostra o empresariado pessimista, com as expectativas piorando.

A abertura do dado mensal mostra que o resultado deste mês reflete a piora da avaliação sobre o futuro. Na passagem de abril para maio, o Indice da Situação Atual (ISA) ficou estável em 98,5 pontos, enquanto o Indice de Expectativas (IE) caiu 1,5 ponto, a 95,9 pontos.

Já o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI) subiu 0,8 ponto percentual (pp), a 75,3%, voltando ao nível de novembro de 2018. Segundo a FGV, a queda da confiança na indústria alcançou dez dos 19 segmentos industriais pesquisados, em termos agregados.

A abertura dos componentes do ICI mostra que o indicador que mede a perspectiva de contratações do setor nos três meses seguintes caiu, sendo a principal influência negativa para o resultado do IE. Já no ISA, houve queda no indicador do nível dos estoques, enquanto as outras duas variáveis tiveram direções opostas, levando à estabilidade do subíndice.

Para o superintendente da FGV, Aloisio Campelo Júnior, as expectativas da indústria continuaram piorando em maio e retratam agora um empresariado ligeiramente pessimista em relação aos próximos meses. “Quanto ao desempenho do setor no mês, há sinais dúbios”, avalia.

A edição deste mês da confiança da indústria coletou informações de 1.109 empresas entre os dias 2 e 23 deste mês. A próxima divulgação da sondagem industrial ocorrerá em 27 de junho, sendo que a prévia deste levantamento sai no dia 19 do próximo mês.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com