Comissão Europeia quer evitar processo contra Itália, diz Moscovici

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – A Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia (UE), quer evitar a abertura de um processo disciplinar contra a Itália por sua dívida elevada, mas está pronta para fazer isso, disse o chefe da UE para Assuntos Econômicos, Pierre Moscovici.

Pierre Moscovici, representante da Comissão Europeia para assuntos econômicos e financeiros (Divulgação/Conselho da União Europeia)

“Estamos prontos, no caso, para avançar para um procedimento de déficit excessivo para a dívida e estamos no caminho”, disse ele, ao chegar à reunião do Eurogrupo (que reúne os ministros de Finanças da zona do euro). Para Moscovici, os ministros devem apoiar a abertura do processo.

“Mas ainda é evitável e todo mundo quer evitá-lo. A Itália deve estar no centro da zona do euro. É onde este país muito importante está. Precisamos da Itália dentro da zona do euro. Precisamos que a Itália cumpra as regras, mas as regras também estão lá para serem respeitadas”, afirmou.

No início do mês, a UE admitiu que um processo disciplinar contra a Itália pode ser aplicado e uma multa de 3 bilhões de euros imposta por desrespeitar os regulamentos orçamentários do bloco. Atualmente, a dívida da Itália está em 132% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, acima do limite de 60% permitido pelas regras fiscais da UE.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com