Comissão Europeia aplica tarifa antidumping sobre aço brasileiro

06/10/2017 15:45:18

Por: Pâmela Reis / Agência CMA

São Paulo – A Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia, impôs tarifas antidumping sobre as importações de aço laminado a quente vindas de Brasil, Irã, Rússia e Ucrânia, segundo comunicado do bloco. A medida entra em vigor hoje, sem prazo para expirar.

“A ação foi tomada pela UE para proteger os empregos e a indústria de práticas injustas de comércio”, diz a Comissão. “O objetivo é oferecer um ambiente de equidade e condições de competição justas para as empresas europeias”. As sobretaxas variam entre 17,6 euros e 96,5 euros por tonelada.

No caso específico do Brasil, foi aplicada tarifa de 54,5 euros por tonelada para produtos da ArcelorMittal e da Aperam Inox América do Sul; 53,4 euros por tonelada para a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN); 63 euros por tonelada para a Usiminas; e 55,8 euros por tonelada para a Gerdau. Para as demais empresas brasileiras, a taxa será de 63 euros por tonelada.

A imposição da tarifa acontece após uma investigação feita pela Comissão Europeia a partir de uma queixa prestada em maio de 2016 pela Associação Europeia do Aço, que representa mais de 90% dos produtores de aço laminado a quente do bloco europeu.

Deixar um comentário