China vai revisar taxas antidumping a tubos de aço de EUA e Europa

Foto: Freeimages.com/ Gary Tamin

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O governo da China decidiu realizar uma revisão final de medidas antidumping aplicadas a produtos do setor siderúrgico dos Estados Unidos e da União Europeia (UE), de acordo com comunicado do Ministério do Comércio chinês.

A China aplica, atualmente, uma taxa de de 14,1% a tubos de aço sem costura para aplicação de pressão de altas temperaturas importados dos Estados Unidos, e uma tarifa entre 13,0% e 13,2% aos mesmos produtos vindos da Europa.

Segundo o Ministério do Comércio da China, as taxas podem ser prolongadas por “um período de tempo adequado” se os resultados finais da revisão determinarem que a retirada das tarifas pode continuar a prejudicar as indústrias locais.

O anúncio vem em meio a mais uma rodada de negociações comerciais entre a China e os Estados Unidos. A delegação chinesa, liderada pelo vice-primeiro ministro Liu He, participa hoje e amanhã, em Washington, de reuniões sobre comércio, mesmo após o presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçar impôs novas tarifas à China.

No final de semana, Trump disse que iria aumentar de 10% para 25% as taxas a US$ 200 bilhões em bens chineses a partir de sexta-feira, além de aplicar novas taxas “em breve”. O Ministério do Comércio chinês, por sua vez, disse ontem que se as tarifas dos Estados Unidos forem aplicadas, a China vai retaliar.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com