China revida contra novas tarifas comerciais dos EUA

08/08/2018 12:36:13

Por: Pâmela Reis / Agência CMA

Bandeiras

(Foto: futureatlas.com/Flickr)

São Paulo – O Ministério do Comércio da China anunciou que vai aplicar uma tarifa de 25% a um conjunto de importações dos Estados Unidos avaliado em US$ 16 bilhões, em retaliação à sobretaxa semelhante anunciada ontem pelo governo norte-americano.

Segundo comunicado do ministério, Washington está colocando suas leis domésticas acima das leis internacionais, o que Pequim considera “uma prática muito insensata”. “Para salvaguardar seus direitos e interesses legítimos e o sistema de comércio multilateral, o lado chinês precisa tomar as contramedidas necessárias”, diz a nota.

Ontem, o Escritório do Representante de Comércio dos Estados Unidos (USTR, na sigla em inglês) informou que implementará, a partir do dia 23, uma taxa de 25% a US$ 16 bilhões de importações chinesas em resposta ao que considera práticas ilegais ligadas à propriedade intelectual e à transferência de tecnologia.

Esta é a segunda rodada de tarifas relacionadas a este aspecto do comércio entre norte-americanos e chineses. Na primeira fase, em 6 de julho, foram tarifados US$ 34 bilhões em importados da China. Na ocasião, Pequim também respondeu com medidas semelhantes.

No comunicado de hoje, o Ministério do Comércio chinês não deu detalhes sobre quais categorias de bens serão alvejados desta vez. Em relação ao prazo, o órgão informou apenas que as novas taxas serão aplicadas “em paralelo” às ações norte-americanas.

Deixar um comentário