China não está reduzindo exportações de minerais de terras raras, diz governo

Porta-voz do Ministério do Comércio da China. Foto: Divulgação/ Ministério do Comércio da China

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – A China negou que está reduzindo a exportação de minerais de terras raras, usados na fabricação de produtos eletrônicos como smarthphones, após ameaçar no mês passado usar a matéria-prima nas negociações comerciais com os Estados Unidos.

“As atuais flutuações nas exportações de terras raras são o resultado de mudanças no mercado. Para o comércio de terras raras, a China não adotou novas medidas de gestão”, disse o porta-voz do ministério chinês do Comércio, Gao Feng, em coletiva regular de imprensa.

Os dados da alfândega chinesa desta semana mostraram que as exportações de terras raras caíram 16% em maio ante o mês anterior. Os minerais de terras raras contêm 17 elementos químicos usados na fabricação de equipamentos eletrônicos e militares de alta tecnologia, fundamentais para o setor tecnológico norte-americano.

No final de maio, a China disse que não permitirá que outros países usem seus minerais de terras raras para conter o desenvolvimento chinês, em uma ameaçada velada aos Estados Unidos. O presidente da China, Xi Jinping, fez uma turnê em maio no sul do país e visitou um dos maiores fornecedores mundiais de terras raras, em um lembrete da dependência do mundo da produção chinesa.

Na coletiva, Gao voltou a acusar Washington pelo atual impasse nas conversas comerciais entre os dois países. “As negociações econômicas e comerciais foram seriamente frustradas e a responsabilidade é inteiramente nos Estados Unidos”, disse. “As mudanças de opiniões dos Estados Unidos nas consultas, a falta de integridade e a escalada unilateral dos atritos comerciais levou a sérios reveses nas negociações”, segundo ele.

“Mais uma vez, apelamos aos Estados Unidos a parar imediatamente a abordagem errada e a suspender sanções unilaterais contra empresas chinesas. Ao mesmo tempo, o lado chinês tomará todas as medidas necessárias para salvaguardar resolutamente os legítimos direitos e interesses das empresas chinesas”, disse o porta-voz.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com