Chefes de Estado da UE mostram apoio a candidatos à presidência da Comissão Europeia

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel. Foto: Divulgação / Serviço Audiovisual da União Europeia

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – Os chefes de Estado e de governo da União Europeia (UE), que se encontraram hoje em Bruxelas para uma reunião informal do Conselho Europeu, mostraram seu apoio a diferentes candidatos à presidência
da Comissão Europeia, braço executivo da UE.

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, reiterou seu apoio ao candidato pelo grupo de centro-direita Partido Popular Europeu (PPE), do qual ela faz parte. “É claro que em nossa grande coalizão eu apoio Manfred Weber, embora nem todos os parceiros de coalizão façam isso”, disse.

O presidente da França, Emmanuel Maccron, preferiu não dar nome a que candidato vai apoiar, mas citou que possuem as competências necessárias a candidata liberal, pela Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa (ALDE), Margrethe Vestager, e o candidato pela Aliança Progressista dos Socialistas e Democratas (S&D), Frans Timmermans.

O primeiro-ministro da Grécia Alexis Tsipras, disse ser contra Weber. “Ele não é uma pessoa que pode unir a UE, pelo contrário, identifica-se com visões conservadoras e neoliberais”, afirmou, acrescentando que é tempo de uma escolha progressista, e por isso apoia Timmermans.

Da mesma forma, o primeiro-ministro de Portugal, Antônio Costa, disse que vai apoiar o líder de sua família política, Timmermans, e que Weber não tem as características necessárias para o cargo.

Além do presidente da Comissão Europeia, os líderes da UE vão nomear também o próximo presidente do Banco Central Europeu (BCE), entre outros cargos importantes do bloco, mas o processo de escolha ainda não é unanimidade. “Eu preferiria separar a decisão sobre o BCE, mas não tenho certeza se sou majoritário nessa questão”, disse o primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com