Calendário positivo ajuda e vendas no varejo crescem 2,2% em maio

Por Leandro Tavares

São Paulo – As vendas no varejo brasileiro cresceram 2,2% em maio na comparação com o mesmo mês do ano passado, já descontada a inflação, de acordo com o Indice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA). Em termos nominais, que espelham a receita de vendas efetivamente realizadas pelo varejista, o ICVA apresentou alta de 6,8% no período.

Segundo a companhia, o calendário afetou positivamente o resultado já que em maio do ano passado houve a greve de caminhoneiros. Com isso, ao ajustar o ICVA deflacionado para esse efeito não recorrente a alta seria menor, de 0,6%, enquanto o nominal registraria alta de 5,1%.

Para o diretor de Inteligência da Cielo, Gabriel Mariotto, foi observado nos últimos meses uma desaceleração contínua das vendas, com o crescimento ajustado das vendas em maio ficando num patamar equiparável ao final de 2017.

Os blocos que compõem o ICVA apresentaram resultados mistos em maio, já considerando os ajustes de calendário. Para o bloco de Bens não Duráveis, o desempenho negativo (0,5%) foi puxado principalmente pelos setores de óticas, joalherias e vestuário.

Por outro lado, o setor de Serviços registrou uma desaceleração de (1,7%), puxada pelos setores de turismo, transportes e alimentação em bares e restaurantes, enquanto o bloco de bens não duráveis, foi o único a apresentar aceleração de (0,7%) na passagem de abril para maio, puxada principalmente pelos setores de drogarias e farmácias, cosméticos e higiene pessoal. Por outro lado, o setor de supermercados e hipermercados contribuiu negativamente neste período.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com