Caixa divulga cronograma e regras para saques do FGTS

Por Gustavo Nicoletta

São Paulo – A Caixa Econômica Federal divulgou o cronograma de saque de contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) referentes à Medida Provisória (MP) 889/19. Segundo o banco, os trabalhadores poderão sacar até R$ 500,00 por conta do FGTS, limitado ao saldo da conta, ao longo dos próximos meses.

O novo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, durante a cerimônia de transmissão do cargo

Se o trabalhador tiver conta poupança na Caixa, o valor será depositado automaticamente, exceto se houver manifestação contrária por parte do
trabalhador até 30 de abril de 2020.

Entre os clientes da Caixa, poderão sacar primeiro os nascidos nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril. Este grupo receberá o dinheiro a partir de 13 de setembro. Para os nascidos em maio, junho, julho e agosto, a liberação dos recursos acontecerá a partir de 27 de setembro, enquanto para os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro o dinheiro ficará disponível de 9 de outubro em diante. Em todos os casos, o pagamento será feito até 31 de março do ano que vem.

Para quem não possui poupança na Caixa Econômica, o cronograma é diferente, mas também é determinado pelo mês de aniversário do trabalhador.

Neste caso, os recursos estarão liberados em 18 de outubro para os nascidos em janeiro, em 25 de outubro para os nascidos em fevereiro, 8 de novembro para os nascidos em março, 22 de novembro para os nascidos em abril, 6 de dezembro para quem nasceu em maio, 18 de dezembro para quem nasceu em junho, 10 de janeiro para quem nasceu em julho, 17 de janeiro para quem nasceu em agosto, 7 de fevereiro para quem nasceu em outubro, 14 de fevereiro para os nascidos em novembro e 6 de março para quem nasceu em dezembro.

Para quem possui cartão da Caixa Econômica e senha, o saque pode ser feito nos terminais de autoatendimento. Os saques de até R$ 100 poderão ser realizados em casas lotéricas, mediante apresentação de documento de identidade original com foto e número do CPF. Os demais trabalhadores devem procurar as agências da Caixa Econômica.

A expectativa é de que os saques do FGTS resultem em uma liberação de cerca de R$ 28 bilhões para a economia. Para 2020, o valor adicional previsto para o FGTS é de cerca de R$ 12 bilhões.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com