Bullard, do Fed, diz que criptomoedas concorrerão com o dólar nos EUA

Por Carolina Gama

São Paulo – O presidente da unidade do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de Saint Louis, James Bullard, afirmou que a popularização das criptomoedas nos Estados Unidos deve aumentar a concorrência com o uso do dólar.

O presidente da regional de Saint Louis do Federal Reserve, James Bullard. (Divulgação/Fed de Saint Louis)

Segundo ele, esse movimento poderia criar uma determinada taxa de câmbio flutuante entre o dólar e as rivais privadas.

“As criptomoedas estão criando a tendência de uma moeda não uniforme nos Estados Unidos, um estado de coisas que existiu historicamente, mas que não agrada e está sendo substituída”, afirmou Bullard.

O comentário acontece após o Facebook anunciar no mês passado um consórcio para a criação da libra, uma criptomoeda que tem como objetivo ser uma carteira global que promete não ter taxas, oferecer comodidade e recursos avançados de contratos inteligentes.

Segundo o Facebook, os usuários poderão adquirir libras comprando com moedas de seu território físico. Esse depósito será utilizado como lastro desses tokens emitidos, equilibrando o risco de volatilidade.

Uma vez adquiridas as libras, o objetivo é oferecer pagamento em serviços digitais mundialmente já usados e que já fazem parte desse consórcio, como o Uber, Spotify, Mercado Pago e outros.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com