Brasil criou 173.139 empregos formais em fevereiro

São Paulo – A economia brasileira gerou 173.139 empregos de carteira assinada em fevereiro – o melhor resultado para este mês desde 2014, quando foram criados 260.823 vagas -, segundo dados sem ajuste do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Na comparação com janeiro, houve aumento de 0,45% no ritmo de criação de emprego.

O setor de serviços foi o destaque do mês passado, com 642.633 admissões e 530.221 demissões, o que resultou na criação líquida de 112.412 postos de trabalho – alta de 0,65% em relação a janeiro. A indústria de transformação apresentou o segundo maior saldo positivo, de 33.472 empregos criados resultado de 257.071 admissões e 223.599 demissões. Em relação a janeiro, a alta foi de 0,46%.

O terceiro maior saldo de geração de vagas foi na administração pública, com 15.733 admissões e 4.338 desligamentos, ou 11.395 postos de trabalho criados – aumento de 1,34% em relação a janeiro. Na construção civil, houve crescimento de 0,56% na comparação mensal, para 11.097 postos de trabalho – resultado de 116.254 admissões e 105.157 demissões.

A agropecuária foi o único setor que apresentou saldo negativo em fevereiro de 2019, com 80.155 admissões e 83.232 desligamentos, uma perda de 3.077 postos, que corresponde a um declínio de 0,20% em relação ao saldo de janeiro.

Gustavo Nicoletta / Agência CMA ([email protected])

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com