Boris Johnson é eleito primeiro-ministro do Reino Unido

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O candidato Boris Johnson foi eleito primeiro-ministro do Reino Unido e líder do Partido Conservador, com 66% dos votos, derrotando o rival Jeremy Hunt nas eleições internas do partido para suceder a então premiê Theresa May.

Ao todo, 159.320 pessoas estavam elegíveis para votar, e houve uma participação de 87,4% dos membros do partido. Johnson recebeu 92.153 votos, e Hunt obteve 46.656, anunciou a parlamentar Dame Cheryl Gillan, do Comitê de 1922, que organizou a eleição.

No discurso da vitória, Johnson agradeceu aos seus apoiadores, ao rival Hunt e à Theresa May, por seu serviço ao partido e à nação. “Foi um privilégio servir em seu gabinete e ver sua determinação”, disse ele, que atuou como ministro de Relações Exteriores.

“Vou entregar o Brexit, unir o país e derrotar Jeremy Corbyn”, disse ele, repetindo seu mantra de campanha, acrescentado que costumava incluir a união do partido também, mas com tantas demissões, isso pode não ter soado tão bem. Johnson prometeu ainda alcançar o equilíbrio entre os instintos conflitantes de autogoverno e de trabalhar com os outros.

Johnson era o favorito para o cargo e, durante a campanha, repetiu várias vezes que pretende deixar a União Europeia (UE) no prazo atual de 31 de outubro, mesmo sem um acordo com o bloco.

O Brexit estava inicialmente marcado para o dia 29 de março deste ano, mas o acordo fechado entre May e as autoridades da UE foi rejeitado três vezes no Parlamento do país, o que levou a data a ser adiada duas vezes. Em meio ao impasse do Brexit, May anunciou sua renúncia no dia 8 de junho, e permaneceu no cargo até a escolha de um sucessor.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com