Bolsonaro é presidente com menor aprovação desde 1990, aponta Datafolha

São Paulo – A taxa de aprovação do presidente Jair Bolsonaro após seus três primeiros meses de governo foi de 32%, a mais baixa para um presidente em primeiro mandato desde 1990, quando os dados começaram a ser compilados, segundo pesquisa do instituto Datafolha publicada no domingo.

De acordo com o instituto, a maior taxa de aprovação neste período, de 47%, foi registrada pela ex-presidente Dilma Rousseff em 2011. A segunda maior taxa, de 43%, é do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003. Fernando Henrique Cardoso vem em seguida, com 39%, em 1995, e Fernando Collor tem a segunda pior aprovação, de 36%, em 1990.

A pesquisa ouviu 2.086 pessoas com mais de 16 anos em 130 municípios nos dias 2 e 3 de abril. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos.

O levantamento mostrou também que 30% dos entrevistados consideram o governo de Jair Bolsonaro ruim ou péssimo, e que 33% veem a atual administração como regular. Uma parcela de 4% das pessoas consultadas não soube opinar sobre o assunto.

Gustavo Nicoletta / Agência CMA ([email protected])

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com