Bolsonaro confirma revogação de adesão ao pacto migratório

09/01/2019 09:38:51

Por: Leandro Tavares / Agência CMA

São Paulo –

O presidente Jair Bolsonaro confirmou a revogação do País ao Pacto Global para Migração Segura, Ordenada e Regular. Segundo ele, a iniciativa é para preservar os valores nacionais. O Brasil tinha aderido ao pacto em dezembro do ano passado.

“O Brasil é soberano para decidir se aceita ou não migrantes. Quem por ventura vir para cá deverá estar sujeito às nossas leis, regras e costumes, bem como deverá cantar nosso hino e respeitar nossa cultura. Não é qualquer um que entra em nossa casa, nem será qualquer um que entrará no Brasil via pacto adotado por terceiros. Não ao pacto migratório”, disse em sua conta no Twitter.

Há pouco, o presidente voltou falar sobre a imigração no Twitter. Bolsonaro acrescentou que jamais recusará ajuda aos que precisam, mas que a imigração não pode ser indiscriminada. “É necessário critérios, buscando a melhor solução de acordo com a realidade de cada país. Se controlamos quem deixamos entrar em nossas casas, por que faríamos diferente com o nosso Brasil?”.

Bolsonaro ressaltou ainda que a defesa da soberania nacional foi uma das bandeiras de sua campanha e será uma prioridade do governo. “Os brasileiros e os imigrantes que aqui vivem estarão mais seguros com as regras que definiremos por conta própria, sem pressão do exterior”.

A decisão foi comunicada ao Ministério das Relações Exteriores, que orientou toda a diplomacia brasileira informar à Organização das Nações Unidas (ONU).

Deixar um comentário