Boeing diz que completou atualização de software do 737 MAX

Por Carolina Pulice

Escritório da Boeing. Foto: Divulgação

São Paulo – A fabricante de aviões Boeing publicou um comunicado em que afirma ter completado a atualização do software para os aviões modelo 737 MAX, dois meses após um acidente fatal ter feito com que os voos com o avião fossem suspensos no mundo todo.

“A Boeing completou o desenvolvimento da atualização do software pra [o modelo] 737 MAX, junto com o teste do simulador e o teste de voo”, afirmou o comunicado. “A Boeing está providenciando informação adicional para mostrar à Administração Federal de Aviação (FAA), que inclui detalhes sobre como os pilotos interagem com os controles da aeronave e atua em diferentes cenários”.

Segundo a companhia, uma vez que as solicitações forem preenchidas, vai “trabalhar com a FAA para agendar a certificação do teste de voo e submeter a documentação final de certificação”.

A companhia enfrenta uma crise causada por dois acidentes mortais de dois aviões comerciais Boeing 737 MAX que nos últimos meses causaram a morte de quase 400 pessoas. Países na América do Sul e do Norte, África, Ásia e Europa suspenderam as operações com o modelo de avião, e desde então a companhia opera para solucionar os problemas com o software da aeronave.

“Estamos comprometidos com a FAA e com os reguladores globais para fornecer todas as informações necessárias. Estamos progredindo e estamos confiantes de que, com as atualizações, o modelo vai ser o mais seguro para se voar. Os acidentes só intensificaram nosso comprometimento com nossos valores, incluindo segurança, qualidade e integridade”, afirmou o chefe executivo da companhia, Dennis Muilenburg.