BC peruano mantém juros em 2,75% ao ano

Por Federico Frau Barros

Buenos Aires – O diretório do Banco Central de Reserva do Peru (BCRP) concordou em manter a taxa de juros de referência em 2,75% em sua reunião ontem ao considerar que a taxa da inflação tem projeção para se manter dentro da meta e que vai ficar ao redor de 2%, uma vez que os indicadores da atividade econômica primária mostram um desempenho negativo.

Foto: G M/Flickr

Em junho, a taxa interanual de inflação e os indicadores de tendência inflacionária ficaram dentro do alvo da meta, dado que a inflação foi -0,09% com o qual sua taxa interanual passou de 2,73% em maio a 2,29% no sexto mês de 2019.

O banco considerou que os indicadores da atividade econômica primária mostram um desempenho negativo como consequência de choques transitórios de oferta, enquanto que a atividade não primária registra sinais de moderado dinamismo. Por outro lado, o investimento público registrou uma menor execução no primeiro semestre, no qual se espera uma reversão no segundo semestre.

Com isso, o Diretório considerou apropriado “manter a posição expansiva da política monetária”, e disse que “se mantém atento à nova informação sobre a inflação e suas determinantes, para avaliar ajustes nesta posição”, indicou o comunicado.

Tradução: Carolina Pulice