Bancos aprovam novas regras para o cheque especial, anuncia a Febraban

10/04/2018 11:57:08

Por: Eliane Leite / Agência CMA (e.leite@cma.com.br)

Talão de cheque. (Marcos Santos/USP Imagens)

São Paulo – Os bancos aprovaram novas regras para o cheque especial, entre elas a alternativa mais barata para o pagamento de saldo devedor do empréstimo, informou a Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

De acordo com a federação, essa regra consiste na oferta automática de parcelamento para os consumidores comprometidos com mais de 15% do limite do cheque especial por pelo menos 30 dias consecutivos. As mudanças nas regras visam reduzir o custo do crédito ao cliente e ampliar a transparência no uso do empréstimo, diz a federação em nota.

A oferta de parcelamento mais barata será oferecida pelos canais de relacionamento com o cliente, que decidirá se adere ou não à proposta. Em caso negativo, o banco refará a oferta a cada 30 dias. Um alerta também será feito a cada vez que o cliente entrar no cheque especial, “destacando que esse crédito deve ser utilizado em situações emergenciais e temporárias”.

As novas regras também determinam mais clareza em relação ao valor do limite de cheque especial no extrato bancário, para que o cliente não confunda com seu saldo disponível em conta corrente.

“As novas regras para o cheque especial fazem parte do compromisso dos bancos em melhorar o ambiente de crédito, para facilitar a redução dos
spreads bancários e também em orientar o consumidor sobre o uso adequado de produtos e serviços”, afirma Murilo Portugal, presidente da Febraban,
lembrando que o crédito, por ser voltado para situações emergenciais e já ser pré-aprovado, tem juros mais altos.

[ BBAS3 BBSE3 B3SA3 BBDC3 BBDC4 CIEL3 ITUB3 ITUB4 QUAL3 SANB11 ]

Deixar um comentário